Para conteúdos exclusivos Iniciar sessão Registe-se

É oficial: Cabeleireiros e espaços de estética reabrem a 4 de maio





Hoje, dia 30 de abril, fica-se a conhecer o Plano de Desconfinamento, e por sua vez, a data oficial para a reabertura dos espaços ligados ao setor de beleza. De acordo com o primeiro-ministro, António Costa, “as normas de libertação de confinamento entrarão em vigor de 15 em 15 dias, as primeiras em 4 de maio, as segundas em 18 de maio e as outras em 1 de junho”.




António Costa, declarou que os estabelecimentos de prestação de serviços de higiene pessoal (cabeleireiros, barbeiros, manicures, pedicures e similares), poderão retomar o trabalho apartir da próxima segunda-feira, dia 4 de maio, por marcação prévia. Já os spas, serão, possivelmente, dos últimos do setor a abrirem, tendo em conta que o contacto entre profissional/cliente é superior.


Condições:

- Lotação máxima de cinco pessoas por 100 m2, em instalações fechadas.


Regras Gerais:

- Proibição de eventos ou ajuntamentos com mais de 10 pessoas.




Relembramos que o Estado de Emergência termina a 2 de maio, próximo sábado, e a proibição de saída do concelho de residência será entre 1 a 3 de maio, de sexta-feira a domingo.




Nunca antes a expressão “vale mais prevenir do que remediar” fez tanto sentido como nos dias que correm. Com a reabertura dos espaços do setor de beleza, é importante ter em consideração as medidas de segurança a adotar, para que se possa proteger a si e aos seus clientes. Desta forma, apresentamos-lhe 10 medidas que deverá colocar minuciosamente em prática.


1. USO DE LUVAS E MÁSCARAS

Os profissionais serão obrigados a usarem máscara, assim como os clientes que usufruem dos seus serviços. Quanto às luvas, estas deverão ser descartáveis e trocadas após o contacto com o cliente.


2. DISPONIBILIZAR MÁSCARAS E DESINFETANTE

Disponibilize máscaras para os clientes que entrem no seu estabelecimento sem uma e, ainda, gel desinfetante à entrada. Incentive o seu uso.


3. UTILIZAR MATERIAL DESCARTÁVEL

É recomendado que trabalhe preferencialmente com material descartável, de utilização única, de modo a evitar a contaminação cruzada.


4. HIGIENIZAÇÃO E DESINFEÇÃO DO ESPAÇO

É importante haver um reforço na higienização e desinfeção do espaço, assim como das cadeiras dos clientes, maçanetas, interruptores, corrimões, postos de trabalho, locais de receção e instalações sanitárias. E, ainda, dos utensílios, não descartáveis, que utiliza com mais frequência.


5. LAVAGEM DAS MÃOS

A lavagem das mãos, com água e sabão, é fundamental já desde o início da pandemia, continue a fazê-lo com frequência e corretamente, segundo as recomendações da Direção-Geral de Saúde.


6. SERVIÇO POR MARCAÇÃO

Aconselha-se que as marcações sejam realizadas por telefone ou até mesmo pelas redes sociais, evitando marcações presenciais. Desta forma, irá garantir um número fixo e menor de pessoas dentro do seu estabelecimento.


7. LIMITAÇÃO DE CLIENTES

O número de clientes presentes no seu estabelecimento vai depender da sua área útil e das cadeiras existentes, sendo que o ideal será haver um lugar vazio entre duas pessoas.


8. ROTATIVIDADE DE PROFISSIONAIS

Caso tenha funcionários, é importante que o seu horário de trabalho seja repartido, de forma a descongestionar o estabelecimento.


9. DISTANCIAMENTO SOCIAL

O distanciamento social continua a ser obrigatório com um mínimo de dois metros de distância, pelo que o contacto com os clientes deverá ser apenas o estritamente necessário.


10. AFIXAÇÃO DE INFORMAÇÃO RELEVANTE

Informação relevante e útil nunca é demais, pelo que poderá afixar informações sobre, por exemplo, a correta lavagem das mãos nas instalações sanitárias e a utilização correta da máscara.


A normalidade vai sendo imposta de forma gradual enquanto se respeitarem e seguirem as recomendações do Governo e da DGS. Depende do nosso cuidado e profissionalismo, depende de todos nós.


 


Artigos Relacionados

But First, Hair – Campanha Wella Professionals
Cabelos
But First, Hair – Campanha Wella Professionals
Os profissionais de quem tanto se sentia falta
Ver
O regresso aos cortes e às tintas
Cabelos
O regresso aos cortes e às tintas
Reabertura dos salões de cabeleireiro
Ver
A ânsia de reabrir portas aumenta
Cabelos
A ânsia de reabrir portas aumenta
Os testemunhos dos profissionais de cabelos
Ver
Fechar Registe-se
Fechar